5.6 À espera

Francesca aguardava a confirmação final de Giovanni para a concretização da impressão de todo o material. Embora fosse novata na organização começava a pensar que haveria algo de peculiar na noção da palavra ‘urgência’ destas pessoas.

De qualquer forma, a semana tinha chegado ao fim e na ausência de imprevistos, jantaria com Roberta. Para além disso teria de se decidir quanto à mesa a adquirir para a sua sala. Previdente, tirou as medidas do espaço disponível e apontou-as num bloco que guardou dentro da sua mala.

O despontar daquela manhã de sexta-feira estava divinal. Corria uma aragem quente, o céu estava muito azul, limpo e a tonalidade dos raios solares apontava já para um dia que se adivinhava muito quente. Durante os segundos que ficou na sua varanda a apreciar o ambiente, Francesca aproveitou para respirar muito  profundamente como se aspirasse absorver toda aquela envolvente matinal.

  • Tenho de despachar-me – pensou.

Saiu da varanda a contra gosto e dirigiu-se ao quarto. Preparou um vestido branco de Verão e umas sandálias pretas com um salto ligeiro. Em seguida tomou um duche, vestiu-se e saiu. O relógio marcava 07h23.

::::::::::§::::::::::
Um pouco mais abaixo no mesmo edifício, Roberta muito ensonada premia o botão da sua Linea Expresso e depois a tecla verde do comando da sua televisão.

Olhou distraidamente à sua volta e ao focar-se no écran plano, surgiu-lhe uma locutora nova vestida em tons de vermelho.

Em vez de escutar as primeiras noticias do dia, Roberta Trenni observou os detalhes do vestido, dos sapatos e do colar da locutora-repórter que entrevistava alguém, um senhor, cuja face não lhe era estranha.

  • Acho que um vestido assim me ficaria muito bem. Não tenho nada naquele tom… Vou ter de procurar nas lojas do centro – disse em voz baixa, já desperta.

Voltou à sua copa para fazer o café. Tomou-o lentamente e resolveu sair para comprar os ingredientes para fazer uma sobremesa rápida.

  • Francesca e eu iremos chegar tarde. Certamente uma fatia de bolo e um chá gelado irá saber-nos muito bem.

Uma hora e meia depois voltava a sair para se dirigir desta feita, ao seu trabalho.